ASSESSORIA PARA IMPLANTAÇÃO DO SGI

Ligue: (71) 4113 - 2600 | 9 9991  - 3478    email: contato@tecnoprev.net

Curta nossas páginas nas redes sociais

O que é Sistema de Gestão Integrada?

O Sistema de Gestão Integrada é a combinação de processos, procedimentos e práticas adotadas por uma organização, para implementar suas políticas e atingir seus objetivos de forma mais eficiente do que por meio de múltiplos sistemas de gestão. Direcionado para processos é a gestão que permite integrar de forma mais eficiente, nas operações do dia-a-dia das empresas, os aspectos e objetivos da qualidade, do desempenho ambiental, da segurança e saúde ocupacional e da responsabilidade social.

 

A visão e orientação para o risco fomentam a prevenção e facilitam o entendimento da integração dos Sistemas de Gestão. A excelência do desempenho e o sucesso no negócio requerem que todas as atividades inter-relacionadas sejam compreendidas e gerenciadas segundo uma visão de PROCESSOS.


As diversas normas para sistemas de gestão tratam de processos internos separados, relacionados com a qualidade, o ambiente, a saúde e segurança ocupacional, a segurança da informação e outros. Através de um sistema de gestão integrado, a organização pode adotar uma abordagem completa para o aperfeiçoamento de seus processos internos e obter a certificação de todos os sistemas com somente uma auditoria de certificação.

 

Para ter qualidade e excelência nos produtos (ou serviços) e nas empresas que os fabricam, é necessário melhorar continuamente os sistemas de gestão.

 

Uma possível definição do que seja sistema de gestão integrado - SGI é a seguinte: “Conjunto de elementos e atividades que organizados e administrados em conjunto, de maneira padronizada e uniforme, proporcionam a obtenção de resultados totais compatíveis com cada parte individual, mesmo que cada elemento ou atividade de sua formação seja diverso em essência.”

 

O objetivo do SGI é estabelecer um conjunto de elementos, interagindo com a força de trabalho, por meio de diretrizes e padrões pré-estabelecidos com relação às questões de segurança, meio ambiente e saúde.

A implementação de um Sistema de Gestão Integrado depende primeiramente do pensamento vindo dos cargos de chefia, percebendo que todo esse processo só trará benefícios a longo prazo, e que antes disso será necessário um bom investimento de recursos e de tempo.

É necessário estar atento a alguns indicadores como:

Qualidade: diz respeito àquilo que é oferecido aos clientes, atendimento a expectativas, e cumprimento das promessas feitas sobre produtos e serviços.

 

Ambiente de trabalho e papel social: compete à qualidade de saúde dos funcionários, segurança durante os processos e a manutenção de um ambiente favorável à produtividade exigida pela companhia; o que a sua empresa representa na geração de renda do local em que atua, através da disponibilização de empregos entre outras ações sociais.

 

Meio-ambiente: estar atento ao consumo de água e energia, visando sempre a economia desses recursos e outros que sejam extraídos da natureza.'

Essa pequena contextualização serve para mostrar quão ampla é a cadeia de tarefas que envolve uma empresa, por menor que ela seja. E tendo consciência do quão díspares são as áreas abrangidas pela atividade empresarial, não há mais como analisa-las sem uma integração! Os resultados de um setor impactam diretamente nos de outrem, e, se esses não forem analisados de forma conjunta, provavelmente levaram a empresa a sobreviver em um efeito dominó de problemas e mais problemas a serem resolvidos.

O Sistema de Gestão Integrada (SGI) atua sob algumas certificações de grande importância para a imagem social da companhia em questão, são essas:

  • ISO 9001 (Gestão da Qualidade): Visa otimizar os processos envolvidos na atividade da empresa, afim de economizar tempo, gerenciar riscos, e atingir o melhor desempenho em todas as áreas de atuação.

  • ISO 14001 (Gestão Ambiental): Visa atingir o ponto de equilíbrio entre o lucro e a exploração de recursos ambientais, reduzindo ao máximo o impacto na natureza sem comprometer a rentabilidade.

  • OHSAS 18001 (Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional): Visa a adequação do ambiente de trabalho de modo a oferecer aos funcionários um local propício à produção sem prejuízo a sua saúde física ou intelectual.

Ao atuar com um sistema integrado de Gestão da Qualidade (ISO 9001)Gestão Ambiental (ISO 14001) e Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional (OSHAS 18001), a empresa irá conhecer e controlar grande parte dessas variáveis micro e macro ambientais, além de ter condições de retroalimentar essas informações, tornando-se muito mais eficiente e competitiva do que seus concorrentes.

Quem pode se beneficiar com o Sistema de Gestão Integrado?

Quaisquer empresas que queiram e precisem melhorar seus processos internos de forma competitiva, garantindo o atendimento de padrões internacionais reconhecidos com responsabilidade.

A organização pode satisfazer a todas as exigências de uma só vez e obter um único sistema de gestão documentado. Assim como todas as normas de gestão são construídas sobre o princípio comum do aperfeiçoamento contínuo, você terá que passar por auditorias periódicas, ao menos uma vez por ano, após a certificação inicial. Uma auditoria combinada significa menos auditorias individuais e menos interrupção nos negócios com maior racionalidade.

Vários são os benefícios do Sistema Integrado de Gestão, entre elas estão:

- Melhoria de qualidade em produtos e serviços;

- Realização de objetivos e metas da empresa;

- Economia de tempo e custos;

- Transparência dos processos internos;

- Fortalecimento da imagem da empresa e a participação no mercado;

- Maior controle dos riscos com acidentes ambientais;

- Satisfação de clientes, funcionários e acionistas;

- Satisfação dos critérios dos investidores e melhoria do acesso ao capital;

- Aumento da competitividade;

- Assegurar às partes interessadas o comprometimento com uma gestão ambiental demonstrável;

- Redução e controle de custos ambientais;

- Oportunidades para conservação de recursos e energia;

- Melhoria do relacionamento com todas as partes interessadas (clientes, acionistas, ONG's, fornecedores, governo e funcionários);

- Prevenção de falhas ao invés de suas correções.

- Definição dos objetivos e metas a serem alcançados;

- Ganhos de produtividade (redução de perdas e aumento da qualidade);

- Aumento do grau de maturidade das empresas e outros.

Modelo do PDCA (Planejar – Fazer – Verificar - Atuar)

Consiste num modelo que se baseam algumas normas atuais cujo objetivo é controlar e melhorar processos visando resultados assim como planejados (ou proximos). Num modelo de SGI este metodo é aplicado de maneira sistematica.

De uma maneira simplificada, o método considera as seguintes ações:

1.Defina o que quer e como chegará lá (Planeje);

2.Obtenha apoio, capacite as pessoas e execute os trabalhos (Realize);

3.Cheque se as coisas saíram de acordo com o esperado (Controle);

4.Revise ou melhore o que for necessário (Melhore).

A integração consiste numa necessidade das empresas em si adequarem à dinâmica econômica, contudo cada organização precisa se enquadrar de acordo com seu porte, estrutura organizacional, potencialidades, meio a qual esta inserida, etc.

Este consiste num espaço para que possamos trocar experiências na área de SGI, baseado nas normas ISO 9001, ISO-14001, OHSAS-18001, abordando temática ligada ao desenvolvimento sustentável, segurança no trabalho e outras.